O site da Casa da Vovó utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

USE BEM SEU LIQUIDIFICADOR

USE BEM SEU LIQUIDIFICADOR

Use bem seu liquidificador!

Todos os segredos para o eletrodoméstico funcionar sempre direitinho – e durar muito mais

 Resultado de imagem para liquidificador
Use bem seu liquidificador! | Crédito: Shutterstock
Adicione todos os ingredientes e bata. Essa é uma frase recorrente em muitos livros de receitas, afinal, o liquidificador é um dos utensílios que não podem faltar na casa de quem gosta de comer e de cozinhar. Mas toda a praticidade dele pode ir por água abaixo se não forem tomados alguns cuidados: “Muitas vezes, o preparo de um prato pede a mistura de ingredientes secos e pesados, como farinha e açúcar, por exemplo. Se esses itens forem despejados antes dos líquidos (o que muita gente faz), o motor vai ficar sobrecarregado e, em pouco tempo, o aparelho perde a potência e pode até queimar”, garante Flamarion Pirtouscheg, gerente de produto da Electrolux. A seguir, descubra o que você deve evitar para garantir vida longa ao seu grande companheiro de cozinha.
Nunca mais faça isso de novo!
Despejar líquidos quentes no copo: a jarra de plástico ou de acrílico pode não suportar e derreter ou trincar, principalmente se a
temperatura dos ingredientes estiver acima de 80 ºC (copos de vidro são mais resistentes). Dica: deixe aquele “buraco” da tampa aberto para que o calor tenha por onde escapar.
Sobrecarregar o aparelho: quando algumas receitas pedem para colocar os ingredientes líquidos primeiro, não se trata de um mero
capricho. Essa é, de fato, a forma correta de usar o liquidificador. Os líquidos criam um ‘redemoinho’ que vai puxando os alimentos secos aos poucos, fazendo com que se misturem de forma homogênea, sem travar a lâmina ou queimar o motor.
Amolar as lâminas: isso está fora de cogitação! Alguns modelos são desmontáveis – o que leva muita gente a aproveitar para afiar as lâminas. Isso pode fazer com que o aparelho perca desempenho.
Lavar a jarra com o lado áspero da esponja: esse velho hábito risca e provoca arranhões no copo do liquidificador – verdadeiras
armadilhas para o acúmulo de sujeira e proliferação de bactérias. Além de usar sempre o lado macio da esponja, pelo menos uma vez a cada 15 dias, coloque um pouco de detergente com 300 ml de água e bata por alguns segundos na função pulsar. Enxágue e seque bem.
Torcer o cabo elétrico: isso faz com que os filamentos que existem dentro dele se rompam, causando mau contato e até acidentes
graves. Por isso, na maioria dos eletrodomésticos, há um local para enrolar e armazenar o cabo.
Usar colher de metal para misturar os ingredientes: fazer isso enquanto o liquidificador está funcionando é um perigo danado!
Evite, apesar de ser uma tentação. O toque do talher pode danificar as lâminas e até rachar ou quebrar a jarra. Além disso, você pode se machucar feio. O melhor é desligar o aparelho, mexer os alimentos e só então voltar a ligá-lo.
Imagem relacionada
Como escolher o modelo
Antes de mais nada, você precisa identificar direitinho quais são as suas necessidades:
. Caso a sua família seja grande ou você tenha o costume de preparar muitos alimentos ao mesmo tempo, o tipo ideal pode ser aquele comum mesmo, mas com o copo um pouco maior.
. Se o uso do liquidificador for para massas pesadas ou o preparo de bebidas que levam gelo, o recomendável é adquirir modelos com copos de vidro ou de inox, que costumam ser mais resistentes. Nesse caso, leve em conta também a potência dele.
. Caso você more sozinha ou não tenha a intenção de usar tanto assim o aparelho, invista num modelo mais simples e barato.
O tipo de copo faz a diferença!
ACRÍLICO E PLÁSTICO
As versões de acrílico e de plástico são as opções mais duráveis e normalmente as mais baratas também, porém necessitam de alguns cuidados, especialmente na hora de limpar. Em primeiro lugar, nunca utilize esponja de aço e produtos muito abrasivos, pois assim você evita riscos e até rachaduras. Bater com muita frequência alimentos quentes também pode estragar a jarra com o
passar do tempo.
VIDRO
Se optar por um copo desse material, precisa ter cuidado com acidentes, pois ele pode quebrar facilmente. E costuma ser mais caro, mas em compensação é fácil de limpar e não absorve o cheiro dos alimentos.
Imagem relacionada
INOX
Esses são bem resistentes, fáceis de lavar, porém um pouco mais difíceis de substituir, pois você não encontra um desses em
qualquer lugar.
FONTE:http://anamaria.uol.com.br/

Envie seu comentário